“Linguística, Topologia, e Lógica: Itinerários da Clínica do Sujeito”

Cordão

A partir da minha experiência clínica escutando mães, pais e avós acredito que o problema é bem sério e necessitaria de que ocorressem vários cortes nessa relação para daí então, nos casos possíveis ocorrer o corte de fato. Pois há vários tipos de cordões que impedem que haja um "terceiro" na relação. Os aparelhos de tv, tablets, celulares estão sendo também usados como cordões. Mas há quem use formas ainda mais sutis e improváveis de cordão como broncas. Se algo se repete impedindo que a falta apareça e abra espaço o sujeito, seria interessante rever.

O Real da vida tenta cortar, libertar, mas há algo anterior ao cordão. Algo da estrutura de cada sujeito que pode ter efeitos no desenvolvimento emocional e inclusive da fala e no modo como a pessoa se coloca no laço social, ou seja, na própria vida.

Perguntaram-me: assistir a vídeos assim poderia surtir algum efeito preventivo? Será que se assistissem a um vídeo como esse as mães e pais cortariam esse tipo de relação e libertariam seus filhos?

Eu penso que é muito pouco provável, a mente humana é mestre de nos enganar. Há, muitas vezes, a necessidade de um bom e autorizado "cirurgião" um analista. Assistir ao vídeo vale como um alerta!

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

CONTATOS